17.10.11

A minha filha mais velha, que tem 9 anos, sofre de atopia e começou já depois dos últimos dias de praia a ficar com as dobras dos braços e das pernas com muita comichão e a ficar vermelha. O que posso fazer?

 

 

A atopia é reflexo de uma série de desregulações quer do sistema imunitário, quer do défice de algumas proteinas a nível cutâneo que geram uma pele tendencialmente seca, por aumento da perda de água trans-epidérmicae e, ao mesmo tempo, um aumento da reactividade cutânea a pequenas agressões externas, normalmente inofensivas como a irritação por alguns tecidos, a própria transpiração, picadas de insecto, algumas substâncias de higiene, entre muitas outras.

Nesse contexto, e tendo em mente que esta condição cutânea tende a melhorar após a adolescência na grande maioria dos casos, há que tentar prevenir o desencadear desta reactividade cutânea e hidratar bastante a pele.

Esta prevenção passa por duches curtos e com água tépida, enxugar a pele suavemente sem esfregar, usar cremes hidratantes corporais com suplementos específicos e calmantes, usar apenas algodão em contacto com a pele e usar roupas leves em conformidade com o tempo mas evitando a transpiração excessiva.

No caso de se desencadearem lesões há que tratar e este tratamento pode passar pelo uso apenas de tópicos com corticóides ou outros anti-inflamatórios mais recentes, banhos calmantes, suplementos de alguns ácidos gordos deficitários ou mesmo justificar o recurso a tratamento sistémico com corticóides ou ciclosporina assim como à fototerapias com ultra-violetas (RUV).

Este plano quer preventivo quer terapêutico deve ser delineado, acompanhado e reajustado regularmente por um dermatologista, em colaboração eventual com um pneumologista ou um imuno-alergologista no caso de coexistirem outras manifestações da atopia, como a asma ou a rinite alérgica.

link do postPor dermatologiaedermocosmetologia, às 10:42  ver comentários (3) comentar

4.1.11

Tenho 32 anos e desde que iniciei um tratamento para a acne com comprimidos, há alguns meses, deixei de conseguir ter relações sexuais com o meu marido porque me causam incómodo e dor. Será da medicação? E se assim fôr é reversível?

 

Muito provavelmente terá iniciado tratamento com isotretinoína que é um retinóide (derivado da vit. A ácida) muito eficaz no controlo da acne e cujo efeito secundário mais frequente (ou diria mais, sempre presente) é a secura cutânea e das mucosas.

É frequente vermos queixas de secura, prurido e mesmo desenvolvimento de áreas mais ou menos extensas de eczema na pele, assim como são muito frequentes as queixas de secura das mucosas.

link do postPor dermatologiaedermocosmetologia, às 09:16  comentar


 



Neste espaço vocacionado para a Dermatologia e a Dermocosmetologia tentarão ser dadas respostas tão esclarecedoras quanto possível a dúvidas sobre doenças de pele ou alternativas terapêuticas nesta área, sempre e quando forem objectivas e se enquadrem neste âmbito, não funcionando como ferramenta de diagnóstico ou sugestão terapêutica específica em cada caso individual que, na esmagadora maioria das situações, carecem de uma avaliação pessoal.

Envie a sua questão
Este consultório online é um espaço onde pode colocar as suas dúvidas no âmbito da Dematologia e Dermocosmetologia. Este Consultório tem um carácter informativo e o acompanhamento médico especializado por parte dos leitores não deve ser descuidado.

E-mail: dermatologia@sapo.pt
Dr. Miguel Trincheiras


Licenciado em Medicina pela Universidade de Liège- Bélgica.
Especialista em Dermatologia e Venereologia pelos Hospitais Civis de Lisboa (H. Desterro) com o título de Assistente Graduado, tendo sido director do Serviço de Dermatologia do Hospital Reynaldo dos Santos até 2006.
Membro de várias sociedades nacionais e internacionais de Dermatologia e Dermocosmetologia.
Dedica actualmente a sua actividade clínica, no regime de medicina privada, em grande parte à Dermatologia Cirúrgica, Lasers e Dermocosmetologia entre Lisboa e em Espanha.



Contacto:
GO-Clinic
Ed. Atrium Saldanha
Pç. Duque de Saldanha, 1-8ºD
1050-094 Lisboa
Tel.: 218435920
E-mail: dermatologia@sapo.pt

Novembro 2011
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5

6
7
8
9
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30


subscrever feeds
blogs SAPO