12.10.09

O meu cabelo é extremamente oleoso, tento lavá-lo de dois em dois dias, mas fica sempre extremamente oleoso no segundo dia. 

 

 

A oleosidade capilar  é também estimulada pela remoção frequente do sebo cutâneo, através do poder detergente dos shampoos, para contrabalançar precisamente a sua remoção regular. O ideal é uma taxa de lavagem capilar de 2 em 2 dias. No entanto casos há em que, eventualmente, necessite ser mais frequente e nesses casos poderá ser necessário fazer medicação e/ou uso de shampoos que diminuem a produção sebácea.

 

link do postPor dermatologiaedermocosmetologia, às 10:51  ver comentários (1) comentar

23.6.09

Tenho o cabelo bastante oleoso e fino e já experimentei de tudo e mais alguma coisa, ou seja shampoos caros, e pouco efeito  me fizeram. Fui a uma consulta capilar numa empresa, onde me disseram que podia lavar o cabelo todos os dias porque o excesso de óleo é que também provocava muita queda. Depois disseram-me que se fizesse um tratamento de mais ou menos  1800 euros que o problema ficava resolvido.

 

 

O tipo de cabelo é próprio a cada pessoa e não existem formas de alterá-lo, ou seja, tornar um cabelo de haste fina num cabelo de haste espessa. Já quanto à oleosidade e ao aspecto global do cabelo, existem várias opções terapêuticas que os podem melhorar significativamente.

 

link do postPor dermatologiaedermocosmetologia, às 12:04  ver comentários (2) comentar

1.4.09
O meu filho tem 46 anos e está com um problema de queda de cabelo. Gostaria de saber qual e o tratamento  e quais os exames que são precisos  fazer para saber qual é a razão.
 
A abordagem da patologia capilar é complexa. Como imaginará, inúmeras são as causas da queda do cabelo e como tal é preciso saber qual o padrão de queda, qual o tempo desde o início das queixas, se existem alterações concomitantes do couro cabeludo, se existe algum tipo de patologia associada ou se simplesmente se trata de uma progressão "natural" para a calvície. Segundo aquilo que clinicamente for sugestivo assim orientamos a nossa pesquisa, que não segue qualquer padrão universal de pedido de análises ou outros exames e será, portanto, necessária a avaliação pessoal para uma eventual terapêutica.

 

Temas:
link do postPor dermatologiaedermocosmetologia, às 07:43  ver comentários (2) comentar


 



Neste espaço vocacionado para a Dermatologia e a Dermocosmetologia tentarão ser dadas respostas tão esclarecedoras quanto possível a dúvidas sobre doenças de pele ou alternativas terapêuticas nesta área, sempre e quando forem objectivas e se enquadrem neste âmbito, não funcionando como ferramenta de diagnóstico ou sugestão terapêutica específica em cada caso individual que, na esmagadora maioria das situações, carecem de uma avaliação pessoal.

Envie a sua questão
Este consultório online é um espaço onde pode colocar as suas dúvidas no âmbito da Dematologia e Dermocosmetologia. Este Consultório tem um carácter informativo e o acompanhamento médico especializado por parte dos leitores não deve ser descuidado.

E-mail: dermatologia@sapo.pt
Dr. Miguel Trincheiras


Licenciado em Medicina pela Universidade de Liège- Bélgica.
Especialista em Dermatologia e Venereologia pelos Hospitais Civis de Lisboa (H. Desterro) com o título de Assistente Graduado, tendo sido director do Serviço de Dermatologia do Hospital Reynaldo dos Santos até 2006.
Membro de várias sociedades nacionais e internacionais de Dermatologia e Dermocosmetologia.
Dedica actualmente a sua actividade clínica, no regime de medicina privada, em grande parte à Dermatologia Cirúrgica, Lasers e Dermocosmetologia entre Lisboa e em Espanha.



Contacto:
GO-Clinic
Ed. Atrium Saldanha
Pç. Duque de Saldanha, 1-8ºD
1050-094 Lisboa
Tel.: 218435920
E-mail: dermatologia@sapo.pt

Novembro 2011
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5

6
7
8
9
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30


subscrever feeds
blogs SAPO