10.4.09

Desde o ano passado nos dias de calor e sol aparecem-me no rosto, peito e costas borbulhinhas, sem pus, mas mesmo muitas. 

Já fiz protecção solar elevada e tomei comprimidos de Oenobiol, mas nos dias de sol e calor sem exposição na praia, só de sair e passear na rua ao sol, apareceram-me de novo e depois passam nos dias de temperatura mais baixa. Tenho a pele morena, já sou adulta e nunca tive problemas com o sol, porque sempre me protegi. O que devo fazer ou tomar? 
 

 

Aquilo que me parece que está a descrever, e que muita gente chama de "alergia ao sol", é o que se designa de lucite estival benigna na linguagem médica e que é a mais comum das fotodermatoses.

 

Não se conhece bem o mecanismo desta dermatose, mas sabe-se que é desencadeada por uma parte do espectro da luz solar especialmente os ultra-violetas de tipo A (UVA) e aparece no início da exposição ao sol com tendência para desaparecer com a continuação da mesma, levando ao que se designa por endurecimento cutâneo. Este rash aparece habitualmente nas 12-24 horas após a primeira exposiçaõ ao sol, despertando algum ardor e prurido e dura cerca de 7-10 dias. Curiosamente as áreas habitualmente expostas ao sol como a face e pescoço costumam ser poupadas embora o envolvimento do resto da pele possa ser bastante severo.

A prevenção desta patologia pode ser feita pela aplicação de écrans solares físicos com factor de proteção elevado, pela toma de suplementos com beta-carotenos ou outras moléculas que aumentam a resistência à radiação solar (caso dos anti-palúdicos) ou mesmo recorrer à exposição prévia e gradual da pele à fototerapia com UVA's para induzir o tal endurecimento e resistência "natural". Em termos terapêuticos, após o aparecimento das lesões, o recurso a cremes calmantes, sprays de água termal, corticosteróides tópicos ou mesmo a toma de anti-histamínicos ou corticóides pode ser necessária.

link do postPor dermatologiaedermocosmetologia, às 12:01 

De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



 
Envie a sua questão
Este consultório online é um espaço onde pode colocar as suas dúvidas no âmbito da Dematologia e Dermocosmetologia. Este Consultório tem um carácter informativo e o acompanhamento médico especializado por parte dos leitores não deve ser descuidado.

E-mail: dermatologia@sapo.pt
Abril 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4

5
6
7
8
9
11

13
18

19
20
22
24
25

26
27
29


subscrever feeds
blogs SAPO