6.4.09

Sofro de transpiração excessiva que por ocorrer constantemente, e não estar só associada a esforço físico, calor, etc., me incomoda muito. Pedia-lhe algumas dicas para combater este grande incómodo, antes de marcar uma consulta de dermatologia.

 

A transpiração excessiva (hiperidrose) pode ocorrer como resposta do organismo a um esforço físico e, nesse caso, tem uma função fisiológica na termorregulação ou pode aparecer como uma reacção "desadequada" do mesmo, com bastante frequência, associada a factores de ansiedade e stress emocional.

 

Neste último caso é mais frequente o envolvimento de áreas restritas como as palmas das mãos, plantas dos pés ou as regiões axilares. Só de forma rara essa hiperidrose é generalisada e mais difícil de tratar.

No tratamento da hiperidrose existem algumas moléculas de aplicação tópica, entre elas os sais de alumínio, que podem ser suficientes para controlar alguns quadros, sobretudo os mais ligeiros. Nas situações mais resistentes à terapêutica pode ser usada a iontoforèse local (técnica de ionização das glândulas sudoríparas), a aplicação de toxína botulínica ou mesmo uma pequena intervenção cirúrgica (simpaticectomia torácica) para reduzir a transpiração por períodos mais ou menos longos em zonas anatómicas limitadas. Nos casos de hiperidrose generalizada a situação torna-se mais difícil de tratar e o recurso a medicação anti-colinérgica ou a alguns medicamentos anti-depressivos (inibidores da recaptação da serotonina)) podem resultar.

link do postPor dermatologiaedermocosmetologia, às 07:51  comentar

De José Fonseca a 2 de Junho de 2012 às 12:39
Bom dia,

Eu também transpirava imenso mas desde que experimentei o MAXIM Roll-On (só se vende em www.suorexcessivo.pt) que a minha vida mudou. E sem cirurgia!

Abraço a todos,

José


 
Envie a sua questão
Este consultório online é um espaço onde pode colocar as suas dúvidas no âmbito da Dematologia e Dermocosmetologia. Este Consultório tem um carácter informativo e o acompanhamento médico especializado por parte dos leitores não deve ser descuidado.

E-mail: dermatologia@sapo.pt
Abril 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4

5
6
7
8
9
11

13
18

19
20
22
24
25

26
27
29


blogs SAPO