8.5.10

Venho por este meio colocar uma questão que me está a inquietar e que passo a descrever: hoje mesmo fui a uma loja, onde fui atendido por um funcionário que tinha um "cravo" na mão. Com a compra que fiz, a passagem de dinheiro de mão para mão, e o possível contacto a questão que coloco é a seguinte: há alguma possibilidade de por este tipo de contacto eu vir a ter cravos no futuro? Ou qualquer outra doença? Pois não sei o que constitui o "cravo" em si.....se é pele, se são secrecões do nosso organismo ou não. Creio que a pessoa não estava a sangrar, mas há o risco de contágio de alguma doença mais grave?

 

 

As verrugas vulgares são lesões de origem viral, por HPV's (human papiloma virus), que têm um potencial de contágio, embora este esteja muito relacionado com a susceptibilidade individual de cada pessoa, e desenvolver lesões.

O contacto directo ou indirecto, através de objectos, pode ser o meio de transmissão e daí a importância do tratamento das lesões numa fase tão precoce quanto possível.

Quanto a riscos de desenvolvimento de outras patologias ou complicações este é inexistente nestes casos.

Temas: ,
link do postPor dermatologiaedermocosmetologia, às 15:44  comentar

De Ma a 13 de Agosto de 2015 às 01:59
Tenho uma colega que esta em tratamento desse tipo de verrugas, nos dedos. Ela acaba de queimá-las na dermato. Essa semana uma delas virou bolha e estourou, e eu comi uma comida que ela estava segurando com a mão. Será que há risco de contagio?

 
Envie a sua questão
Este consultório online é um espaço onde pode colocar as suas dúvidas no âmbito da Dematologia e Dermocosmetologia. Este Consultório tem um carácter informativo e o acompanhamento médico especializado por parte dos leitores não deve ser descuidado.

E-mail: dermatologia@sapo.pt
Maio 2010
D
S
T
Q
Q
S
S

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


blogs SAPO