18.8.09

Tenho 30 anos e tenho olheiras escuras e profundas, factor congénito. Gostaria de saber se há tratamento para as ditas olheiras, através de laser ou por outras técnicas.

 

As olheiras podem ter uma origem melânica (por hiperpigmentação das pálpebras que é tradicionalmente uma característica congénita e muitas vezes hereditâria) ou ter por origem uma estase sanguínea no plexo vascular palpebral que se torna visível de forma transcutânea , assumindo uma tonalidade violácea.

A forma de abordagem das 2 situações é essencialmente diferente com a tentativa de despigmentação da pele no primeiro caso e pela aplicação de descongestionantes palpebrais, aplicação de alguns materiais de preenchimento localmente ou mesmo a realização de laser de CO2 fraccionado para estimular um ligeiro espessamento cutâneo  e assim tornar menos visível, à transparência, o plexo venoso de tom violáceo.

link do postPor dermatologiaedermocosmetologia, às 09:03  comentar

De Liliana a 28 de Novembro de 2011 às 14:59
Boa tarde. Onde e como posso realizar este tipo de intervençoes e quais seriam os custos aproximados?

De Nazaré dos Santos Gamboa a 12 de Abril de 2013 às 10:30
Olá, tenho 32 anos, tenho olheiras profundas , escuras, e a região da junção das coxas também escura.
Quero saber que tratamentos devo fazer, quanto tempo duram e se devem ser contínuos.Obrigada.

De como ganhar dinheiro internet a 19 de Agosto de 2015 às 17:00
também sofro muito com isto, mas já aprendi...não há nada que possa ser feito para curar.

 
Envie a sua questão
Este consultório online é um espaço onde pode colocar as suas dúvidas no âmbito da Dematologia e Dermocosmetologia. Este Consultório tem um carácter informativo e o acompanhamento médico especializado por parte dos leitores não deve ser descuidado.

E-mail: dermatologia@sapo.pt
Agosto 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
19
20
21
22

24
25
26
27
28

30


blogs SAPO