3.11.11

Tenho 35 anos e desde há alguns anos tenho vindo a reparar numa queda maior do cabelo que se acentua depois do verão.

Tenho neste momento o cabelo bastante ralo já se vendo bem a pele da cabeça quando faço o risco no cabelo. O que se passa e o que se pode fazer?

 

A queda de cabelo sazonal (deflúvio capilar telogénico) é um fenómeno frequente e quase "fisiológico" traduzindo, segundo se pensa, um reflexo fisiológico somático arcaico à quantidade de luz solar diária que depende da estação do ano e que é responsável, nomeadamente, pela muda de pêlo em várias espécies animais.

Não tem um significado patológico e tende a normalizar após um periodo variável de 2-3 meses (tempo da fase catagénica e telogénica). Nestas circunstâncias podemos actuar na tentativa de estimulação do reponte do folículo através de variadas moléculas de aplicação tópica (minoxidil, cafeína, aminexil, ...) e/ou suplementação alimentar com oligo-elementos, aminoácidos e vitaminas.

Noutros casos este deflúvio está enxertado num quadro de alopécia androgenética (masculina ou feminina) e, então, a terapêutica já terá que tomar esse facto em consideração.

De toda a forma a atitude correcta é a avaliação cuidada em consulta de dermatologia antes do início de qualquer tratamento.

link do postPor dermatologiaedermocosmetologia, às 08:55  ver comentários (6) comentar

Tenho 26 anos e nunca fui muito de ir a praia e nem exposição ao sol mas, há alguns anos ao andar normalmente na rua, no sol tive uma reação: a pele esquentou no sol, começei a me coçar nas partes expostas, inclusive no rosto e logo em seguida fiquei toda empolada ( cheias de placas na pele). Em seguida, a pele esfria e tudo passa. Recentecemente já por 2x, fui a praia e aconteceu a mesma coisa porém, agora fico desfalecida, minha pressaõ cai e em seguida vem os vômitos e a dor de cabeça que dura horas. Gostaria de entender melhor estas reações. Obrigada e Parabéns pelo Blog!
 
A sintomatologia que descreve enquadra-se numa patologia designada por urticária actínica, agora já com manifestações viscerais sistémicas também, e teriam que ser realizados testes de fotobiologia com radiação ultra-violeta (a mais frequentemente envolvida) para confirmar o diagnóstico e ser realizada a terapia profiláctica..
link do postPor dermatologiaedermocosmetologia, às 08:45  ver comentários (1) comentar

 
Envie a sua questão
Este consultório online é um espaço onde pode colocar as suas dúvidas no âmbito da Dematologia e Dermocosmetologia. Este Consultório tem um carácter informativo e o acompanhamento médico especializado por parte dos leitores não deve ser descuidado.

E-mail: dermatologia@sapo.pt
Novembro 2011
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5

6
7
8
9
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30


subscrever feeds
blogs SAPO