30.9.09

Tenho 36 anos e de há 1 mês a esta data começou a surgir-me uma pelada no couro cabeludo, na parte da frente da cabeça (por cima da testa); de dia para dia essa pelada aumenta, sentindo uma ligeira irritação na pela - comichão - no sítio da pelada. De q se poderá tratar? Existe algum fungo que possa provocar esta situação? Ou poderão ser outras causas?

 

A causa mais frequente de peladas do couro cabeludo no adulto é a alopécia areata que é um fenómeno imunológico localizado, com infiltração da base dos folículos por um subtipo de glóbulos brancos que vão provocar a sua queda e impedir o reponte por inibição das células matriciais.

 

link do postPor dermatologiaedermocosmetologia, às 08:03  ver comentários (5) comentar

21.9.09

Tenho um complexo enorme, estou sem sobrancelhas. Todos os dias a primeira coisa que faço é pintá-las.

Isto começou á uns 2 anos com um vicio terrível em que, distraída, ia arrancando tudo... agora pouco ou nada crescem. Reparo que as pessoas quando falam comigo ficam a olhar para as sobrancelhas pintadas e quando dou por isso termino a conversa, arranjo uma desculpa e vou embora.

Que posso fazer para as ter de volta?

 

 

Parece tratar-se de um caso daquilo a que se chama alopécia de tracçao e convinha ser observada para determinar se existem indício de alopécia cicatricial (caso em que os folículos já nao repontam) ou se é uma alopécia nao-cicatricial (o mais frequente nestes casos) podendo ser tentada a estimulaçao do crescimento dos pêlos com várias moléculas de aplicaçao tópica.

link do postPor dermatologiaedermocosmetologia, às 15:26  comentar

15.9.09
Há alguns dias começaram a aparecer algumas borbulhas nos pés e têm aparecido mais.
De inicio pensei q pudesse ser alergia ao calçado, mas já mudei de sapatos e apareceram mais.
Devo ficar preocupada? Poderá ser uma alergia a algum alimento? Não tenho comido nada fora do normal.
Já marquei uma consulta no médico, mas entretanto gostaria de saber a sua opinião.

 

 

Segundo o que descreve o mais frequente é tratar-se de uma desidrose (ou eczema desidrótico) que surge com frequência nos escavados plantares, bordo dos pés , bordos dos dedos e palmas das mãos, cuja causa não está completamente esclarecida sabendo-se que se trata de um eczema endágeno (despoletado por razões internas ao próprio organismo) sobretudo nos períodos de maior calor e que, na opinião da maioria dos dermatologistas, se deve à retenção de pequenas partículas de suor nas camadas mais superficiais da pele às quais o sistema imunitário reage mais tarde, como se se tratasse de um corpo estranho, através do desencadear de uma reacção eczematiforme.

Evidentemente que tal hipótese não pode excluir uma alergia ao calçado, algumas lesões infecciosas (virais, bacterianas ou fúngicas), dermites irritativas, etc., pelo que me parece bem que seja devidamente avaliada por um dermatologista.

link do postPor dermatologiaedermocosmetologia, às 11:16  comentar

 
Envie a sua questão
Este consultório online é um espaço onde pode colocar as suas dúvidas no âmbito da Dematologia e Dermocosmetologia. Este Consultório tem um carácter informativo e o acompanhamento médico especializado por parte dos leitores não deve ser descuidado.

E-mail: dermatologia@sapo.pt
Setembro 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
16
17
18
19

20
22
23
24
25
26

27
28
29


subscrever feeds
blogs SAPO