30.6.09

 

Tenho 21 anos e sempre tive muito cabelo, em Setembro passado começou-me a cair o cabelo de uma forma mais intensa do que o normal, cheguei a tomar uns comprimidos vendidos na farmácia, já um bocado tarde porque a queda realmente já tinha diminuindo, mas não notei grande diferença de crescimento de novos cabelos. 

 

 

A queda do cabelo é um fenómeno fisiológico e universal que pode, nalgumas circunstâncias, tornar-se mais intensa por várias causas, sendo que as mais frequentes são a época do ano (sobretudo outono), o stress emocional, alguns medicamentos, factores hormonais (nomeadamente o pós-parto), infecções associadas, dietas estrictas, entre outras. Na maioria das vezes trata-se do que é designado por deflúvio telogénico e o reponte capilar, uma vez estabilizada a causa da queda, está normalizado em poucos meses.

 

link do postPor dermatologiaedermocosmetologia, às 10:22  comentar

Tenho melasma, ele está controlado. Não estou em tratamento neste momento. Posso usar locão auto-bronzeadora ou ela é prejudicial para o melasma?

 

Os auto-bronzeadores são loções feitas à base de hidroxiacetona e limitam-se a fazer a oxidação da queratina (proteína da pele) conferindo-lhe um tom acastanhado que desaparece relativamente rápidamente em 2-4 dias por descamação das células superficiais pelo que não têm qualquer actividade na pigmentação melânica envolvida no melasma que é mais profunda. De salientar que o aspecto "bronzeado" com que a pele fica não confere qualquer tipo de defesa à radiação ultravioleta pelo que há que fazer protecção solar associada.

link do postPor dermatologiaedermocosmetologia, às 08:52  comentar

A minha mulher tem 30 anos e sofre de vitiligo desde os 7 anos de idade. Gostariamos de ter algumas informações sobre o tratamento.

 

O vitiligo é uma despigmentação cutânea total de determinadas áreas do corpo, tendo como localizações mais habituais as extremidades (sobretudo as mãos), a face e as axilas, embora possa envolver qualquer segmento cutâneo.

A sua evolução é imprevisível mas tende a ser progressiva. Existem várias hipóteses quanto à sua natureza mas nenhuma está comprovada, sabendo-se que existe um infiltrado de linfócitos (glóbulos brancos) na junção entre a derme e a epiderme que inibe o metabolismo dos melanócitos (células que fabricam o pigmento cutâneo) e posteriormente podem conduzir à sua destruição total.

 

link do postPor dermatologiaedermocosmetologia, às 08:07  ver comentários (3) comentar

Desde o mês de Abril que sinto a pele na zona das bochechas da face mais reactiva, inicialmente com pequenas manchas vermelhas e que depois se alastrou um pouco mais e com prurido. Actualmente a comichão é menor, mas a pele mantém-se vermelha e agora com escamação. O mesmo acontece na zona do sobrolho, mas aqui, por ser uma zona menor, apliquei o Dexaval creme e que aliviou bastante, mas creio que não sarou por completo mas está estacionário.  

 

O mais provável é que se trate de uma dermite seborreica do rosto, que é uma dermatite inflamatória que se deve à proliferação excessiva de algumas leveduras que fazem parte da nossa flora cutânea, mas não deve usar corticóides na face sob pena de poder desencadear um quadro de rosácea cortisónicafacial, pelo que a aconselho a consultar um dermatologista logo que possível.

link do postPor dermatologiaedermocosmetologia, às 07:36  comentar

 



Neste espaço vocacionado para a Dermatologia e a Dermocosmetologia tentarão ser dadas respostas tão esclarecedoras quanto possível a dúvidas sobre doenças de pele ou alternativas terapêuticas nesta área, sempre e quando forem objectivas e se enquadrem neste âmbito, não funcionando como ferramenta de diagnóstico ou sugestão terapêutica específica em cada caso individual que, na esmagadora maioria das situações, carecem de uma avaliação pessoal.

Envie a sua questão
Este consultório online é um espaço onde pode colocar as suas dúvidas no âmbito da Dematologia e Dermocosmetologia. Este Consultório tem um carácter informativo e o acompanhamento médico especializado por parte dos leitores não deve ser descuidado.

E-mail: dermatologia@sapo.pt
Dr. Miguel Trincheiras


Licenciado em Medicina pela Universidade de Liège- Bélgica.
Especialista em Dermatologia e Venereologia pelos Hospitais Civis de Lisboa (H. Desterro) com o título de Assistente Graduado, tendo sido director do Serviço de Dermatologia do Hospital Reynaldo dos Santos até 2006.
Membro de várias sociedades nacionais e internacionais de Dermatologia e Dermocosmetologia.
Dedica actualmente a sua actividade clínica, no regime de medicina privada, em grande parte à Dermatologia Cirúrgica, Lasers e Dermocosmetologia entre Lisboa e em Espanha.



Contacto:
GO-Clinic
Ed. Atrium Saldanha
Pç. Duque de Saldanha, 1-8ºD
1050-094 Lisboa
Tel.: 218435920
E-mail: dermatologia@sapo.pt

Junho 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
19

21
22
24
25
26
27

29


subscrever feeds
blogs SAPO