23.6.09

Boa tarde, eu gostava muito de tirar uma duvida que é;
se existe algum problema se eu utilizar sumo de limao natural
para aclarar a pele do rosto á noite e tirar no dia seginte? Por favor gostava que me respondessem com urgencia.

 

Não me parece nada aconselhável que o faça porque o sumo de limão, para além de ter alfa-hidroxiácidos que teoricamente podem ajudar na descoloração cutânea, contém outras moléculas, e nomeadamente psoralenos, que podem originar fenómenos de fototoxicidade e causar-lhe queimaduras locais se expuser a face ao sol.

Existem protocolos despigmentantes específicos, eficazes e sem estes riscos associados.

 

link do postPor dermatologiaedermocosmetologia, às 12:16  ver comentários (1) comentar

Tenho o cabelo bastante oleoso e fino e já experimentei de tudo e mais alguma coisa, ou seja shampoos caros, e pouco efeito  me fizeram. Fui a uma consulta capilar numa empresa, onde me disseram que podia lavar o cabelo todos os dias porque o excesso de óleo é que também provocava muita queda. Depois disseram-me que se fizesse um tratamento de mais ou menos  1800 euros que o problema ficava resolvido.

 

 

O tipo de cabelo é próprio a cada pessoa e não existem formas de alterá-lo, ou seja, tornar um cabelo de haste fina num cabelo de haste espessa. Já quanto à oleosidade e ao aspecto global do cabelo, existem várias opções terapêuticas que os podem melhorar significativamente.

 

link do postPor dermatologiaedermocosmetologia, às 12:04  ver comentários (2) comentar

Gostaria que me esclarecesse duvidas, sobre umas manchas que me apareceram no corpo (tronco e costas), pelo que vi e pelo que pesquisei é pitiriase versicolor.
Gostaria de saber maneiras de fazer desaparecer estas manchas que me deixam desconfortavel...

 

É natural que se trate de uma pitiríase versicolor que é muito frequente durante todo o ano mas que se torna mais evidente durante o período estival. Passo a explicar:

A nossa pele é parasitada por inúmeros microorganismos que contituem a nossa flora cutânea. Entre eles existe uma levedura chamada Malassesia furfur que em determinadas circunstância (que poderão ter a ver com o pH cutâneo e a própria composição do sebo produzido) podem proliferar mais e criar colónias cutâneas mais extensas começando a produzir ácidos (nomeadamente o ác. azelaico) que impedem as células pigmentares (melanocitos) de produzir o pigmento cutâneo (melanina).

link do postPor dermatologiaedermocosmetologia, às 11:42  comentar

Sou de raça mestiça (mulata) tenho muitos pelos nas suiças e sao grossos, sinto-me infeliz, feia e desgostosa por ser assim, gostaria de saber se será solucionavel e eficaz uma depilação a laser nesse local, se não qual a solução que me aconselha.

 

A depilação definitiva por laser, com os novos aparelhos que têm tempos de pulso mais longos ou repetitivos, são seguros mesmo nos fototipos mais elevados (peles mais pigmentadas) sem o risco de efeitos acessórios. Tem de ter a certeza que o aparelho é o indicado e, ainda assim, seria cauteloso proceder a pequenas áreas de teste antes de iniciar um tratamento mais extenso mas, sem dúvida que é a alternativa aconselhável.

link do postPor dermatologiaedermocosmetologia, às 11:35  comentar

Há alguns messes atrás aleijei-me e fiz uma negra na barriga. Desde então tenho posto pomada, não me dói mas a negra não desaparece. Há motivos para me preocupar?

 

Depreendo que a negra que me fala seja um hematoma cutâneo que deveria reabsorver-se em 10 a 15 dias independentemente da pomada que refere aplicar e, como tal, penso que deveria consultar para excluir qualquer outra patologia.

Temas:
link do postPor dermatologiaedermocosmetologia, às 11:30  comentar

Sofro de psoríase já há 18 anos, e por esse motivo tenho muito receio em fazer depilação, só que tenho bastantes pêlos e a solução agora existente da depilação definitiva está a ser ponderada como uma hipótese.
A minha pergunta é a seguinte:
Para quem têm este problema de pele há algum incoveniente em fazer a depilação definitiva?

 

 

De facto a psoríase é uma patologia inflamatória cutânea com aparecimento de placas descamativas mais ou menos infiltradas que tendem a agravar com os traumatismos locais, com o stress emocional, algumas infecções, etc. mas não tem nenhuma contra-indicação para o tratamento com laser ou luz intensa pulsada pelo que pode realizar a depilação por estes métodos sem receio.

link do postPor dermatologiaedermocosmetologia, às 10:43  ver comentários (8) comentar

 



Neste espaço vocacionado para a Dermatologia e a Dermocosmetologia tentarão ser dadas respostas tão esclarecedoras quanto possível a dúvidas sobre doenças de pele ou alternativas terapêuticas nesta área, sempre e quando forem objectivas e se enquadrem neste âmbito, não funcionando como ferramenta de diagnóstico ou sugestão terapêutica específica em cada caso individual que, na esmagadora maioria das situações, carecem de uma avaliação pessoal.

Envie a sua questão
Este consultório online é um espaço onde pode colocar as suas dúvidas no âmbito da Dematologia e Dermocosmetologia. Este Consultório tem um carácter informativo e o acompanhamento médico especializado por parte dos leitores não deve ser descuidado.

E-mail: dermatologia@sapo.pt
Dr. Miguel Trincheiras


Licenciado em Medicina pela Universidade de Liège- Bélgica.
Especialista em Dermatologia e Venereologia pelos Hospitais Civis de Lisboa (H. Desterro) com o título de Assistente Graduado, tendo sido director do Serviço de Dermatologia do Hospital Reynaldo dos Santos até 2006.
Membro de várias sociedades nacionais e internacionais de Dermatologia e Dermocosmetologia.
Dedica actualmente a sua actividade clínica, no regime de medicina privada, em grande parte à Dermatologia Cirúrgica, Lasers e Dermocosmetologia entre Lisboa e em Espanha.



Contacto:
GO-Clinic
Ed. Atrium Saldanha
Pç. Duque de Saldanha, 1-8ºD
1050-094 Lisboa
Tel.: 218435920
E-mail: dermatologia@sapo.pt

Junho 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
19

21
22
24
25
26
27

29


subscrever feeds
blogs SAPO