17.5.09

Depois de ter efectuado o 3º tratamento a laser, na zona das axilas, (durante o tratamento mencionei que estava a doer mais do que o habitual), no dia seguinte a pele apresentava uma côr rosada, passado 4 dias após tratamento senti os gânglios inchados, a partir desse dia e passado um mês e meio, quase dois tenho tido picadas fortes na zona da axila a que foi sujeito o tratamento e por vezes também sinto picadas no peito esquerdo, do mesmo lado da axila que me doi mais.

 

Respondendo à sua questão específica e indo por partes vejamos:

 

1- Em Portugal não existe legislação específica que reconheça competência específica na utilização da tecnologia laser pelo que se criou algum vazio em que, por pressões comerciais, se faz utilização da radiação laser, muito específicamente no campo de depilação definitiva, sem o devido conhecimento ou experiência. Este conhecimento não é apenas do funcionamento técnico do laser mas sobretudo da fisiologia do pêlo e da pele e da interacção desta energia luminosa com as estruturas. Apontar e disparar é fácil...

2- Relativamente à sensação de picadura local que refere sentir após uma provável queimadura durante um tratamento, é perfeitamente possível que esteja relacionado com o mesmo mas seguramente passará com o passar dos dias e semanas, sendo porventura necessário aplicar um creme calmante local de tipo Pruricedº para reduzir o incómodo transitoriamente.

3- Quanto às suas preocupações a médio prazo de eventuais conseqências para a saúde, não há que ter qualquer receio uma vez que o laser não é mais que uma fonte de energia luminosa, com um poder de penetração reduzido na pele e que afecta exclusivamente as estruturas mais superficiais. Na prática, o único risco do laser de depilação, mal aplicado, é o desenvolvimento de uma queimadura cutânea, habitualmente de 1º grau (só vermelhidão) com eventuais alterações pigmentares transitórias subsequentes (hiper- ou hipo-pigmentação)-

link do postPor dermatologiaedermocosmetologia, às 09:56  ver comentários (1) comentar

Tenho cicatrizes, algumas profundas, devido ao acne. Gostaria de saber se existe algum creme que poderá ajudar a atenuar estas cicatrizes provenientes do acne.

 

 

A resposta muito directa é não. As cicatrizes atróficas de acne são um desafio grande à terapêutica e só se conseguem resultados bons com técnicas realtivamente intervencionistas como a dermabrasão mecânica e o laser de CO2 (resurfacing ou fraccionado) seguido ou não de peelings com ác. tricloroacético (nomeadamente o Blue Peel) na tentativa de renivelar estas áreas deprimidas.

link do postPor dermatologiaedermocosmetologia, às 09:47  comentar

 
Envie a sua questão
Este consultório online é um espaço onde pode colocar as suas dúvidas no âmbito da Dematologia e Dermocosmetologia. Este Consultório tem um carácter informativo e o acompanhamento médico especializado por parte dos leitores não deve ser descuidado.

E-mail: dermatologia@sapo.pt
Maio 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
14
15

19
23

24
25
26
27
28
29
30

31


subscrever feeds
blogs SAPO