13.5.09

Já fiz depilação a laser facial, cerca de 30 sessões por laser de alexandrite e não me parece definitiva, visto que continuam a vir mais pelos, a minha pele é clarinha. O que me aconselha, existe outro método eficaz?

 

As tecnologias laser mais eficazes na depilação são precisamente o laser de alexandrite (755 nm) e o laser de díodo (810 nm). O habitual é a depilação ser definitiva em 3 a 6 sessões e parece-me manifestamente exagerado o número de sessões que já realizou.

 

link do postPor dermatologiaedermocosmetologia, às 11:36  ver comentários (4) comentar

Tenho 24 anos e há 5 que me foi diagnosticado rosácea. Desde essa altura que tenho usado sempre cremes expecificos para este tipo de problema (Calmance da Roc), mas tenho vindo a reparar que estou a ficar pior.
Além do vermilhão em torno das maças do rosto e do queixo, estou também a ganhar borbulhas.
O que posso fazer para atenuar este problema?

 

 A rosácea pode evoluir segundo várias fases, essencialmente 3, sendo a primeira a fase vascular onde é notório um eritema (vermelhidão das 2 hemifaces), uma segunda fase que é a fase inflamatória em que surgem pápulas inflamatórias sobre estas zonas de eritema (borbulhas inflamadas, algumas com pús) e uma fase menos frequente que é a fase granulomatosa em que a pele tende a ficar muito infiltrada.

 

link do postPor dermatologiaedermocosmetologia, às 11:25  ver comentários (1) comentar

Gostaria de saber se o Clindoxyl gel e o Benzac gel actuam da mesma forma no tratamento contra acne. O que a clindamicina (presente no Clindoxyl) pode trazer de benefícios?

 

A clindamicina é um antibiótico, tem um poder anti-inflamatório elevado mas pode induzir resistências e perda de eficácia a médio prazo, numa utilização continuada. O peróxido de benzoílo é uma molécula também com características anti-inflamatórias e queratolíticas, não induz resistências à terapêutica mas pode ser irritante na pele e tem um efeito descolorante no vestuário (desbota as cores), pelo que deve ser usado ao deitar apenas e usar roupa de cama branca.

 

link do postPor dermatologiaedermocosmetologia, às 11:22  comentar

Tenho 27 anos e fazem 6 anos que me apareceram uns carocinhos na região dos olhos. No início tinham aparencia de miliuns mas depois eles foram ficando maiores e irregulares.

 

Na realidade, e segundo a foto que enviou, trata-se de grãos de milia que são pequenos quistos de queratina intra-epiteliais e que resolvem muito bem com a vaporização com laser de CO2 em modo superpulsado.

link do postPor dermatologiaedermocosmetologia, às 11:08  ver comentários (1) comentar

Há qiunze dias tive herpes labial , fui ao medico e receitou-me Zorirax. Dias depois passou mas sinto os meus labios muito secos e a depelar, tambem sinto a zona do queixo muito aspera. O que devo fazer ?

O herpes labial, que é muitas vezes recorrente, deve ser tratado localmente apenas com soluções inertes (sulfato de zinco a 2%, éter, ...) para evitar qualquer sensibilização e acompanhado de medicação per os (aciclovir, valaciclovir) desde uma fase tão precoce quanto possível para "abortar" os surtos e resolver as lesões de uma forma mais rápida.

A secura labial e a descamação são efeitos pós-infecção que podem ser compensados com bons cremes hidratantes nomeadamente, sugestão minha, com creme à base de triéster do glicerol oxigenado.

link do postPor dermatologiaedermocosmetologia, às 10:54  ver comentários (2) comentar

Gostaria de saber se o óleo de rosa mosqueta serve apenas para ajudar a amenizar as cicatrizes quelóides ou serve também para as cicatrizes fundas( depressões) deixadas pela acne?
O óleo de rosa mosqueta é um óptimo anti-inflamatório e um bom cicatrizante mas não tem qualquer efeito em cicatrizes atróficas de acne. A solução nesse caso passa pela correcção através de laser de CO2 ou dermabrasão cutânea, precedidas ou não pelo renivelamento das lesões deprimidas de maiores dimensões através de punção dérmico.

 

 

link do postPor dermatologiaedermocosmetologia, às 10:12  ver comentários (1) comentar

Tenho o cabelo muito oleoso, não o lavo todos os dias mas o que é certo é que era disso que ele precisava porque nõo aguenta mais de 24h limpo, as raízes ficam extremamente oleosas. Já experimentei uma série de shampoos para o meu tipo de cabelo mas não tive qualquer resultado. Como é que poderei resolver este problema?

 

 

De facto não é habitualmente recomendável lavar o couro cabeludo diariamente porque ao remover o sebo produzido, as glândulas sebáceas irão tentar repor esse sebo e estamos, indirectamente, a estimular ainda mais a produção sebácea.

 

link do postPor dermatologiaedermocosmetologia, às 10:00  comentar

 
Envie a sua questão
Este consultório online é um espaço onde pode colocar as suas dúvidas no âmbito da Dematologia e Dermocosmetologia. Este Consultório tem um carácter informativo e o acompanhamento médico especializado por parte dos leitores não deve ser descuidado.

E-mail: dermatologia@sapo.pt
Maio 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
14
15

19
23

24
25
26
27
28
29
30

31


subscrever feeds
blogs SAPO