22.5.09

Sempre tive bastantes sinais, mais no tronco e braços. Recentemente descobri um sinal, de tamanho normal, bordos regulares e cor castanha clara, mas com umas pintinhas pretas/ castanhas escuras por cima.
Isto é normal ou devo consultar um medico?

 

Tal como descreve e dada a regularidade do "sinal"  (nevo em termos médicos), não me parece que seja uma lesão problemática mas ainda assim penso que deveria procurar a opinião de um especialista.

Já agora e para lembrar existe a menomónica dos nevos "suspeitos" de eventual malignidade que é a seguinte:

 

A- Assimetria da lesão

B- Bordo irregular

C- Cor variegada / negra carvão

D- Diâmetro superior a 8 mm

E- Evolução rápida

 

Juntamente com estas características factores há outras a ter em consideração no contexto global e que são:

1- o prurido, 2- a inflamação, 3- a hemorragia, 4- a ulceração

link do postPor dermatologiaedermocosmetologia, às 07:50  comentar

Tenho um angioma plano na face desde nascença, e tenho agora 28 anos. Por diversas vezes pensei em tirá-lo, tendo mesmo efectuado tratamentos de laser,cerca de 6, os quais não tiveram resultados e eram dolorosos e dispendiosos. 

 

As lesões vasculares de tipo angioma plano, de tonalidades variando entre o vermelho e o bordeaux podem, como aliás descreve bem, desenvolver lesões nodulares mais salientes no seu seio que podem ser removidas cirurgicamente ou tratadas por laser. Não sei que tipo de laser terá realizado no passado mas o laser actual mais eficaz nesta patologia é o PDL (laser pulsado de contraste) de 585 nm de comprimento de onda. Dependendo da localização e de outros factores individuais são necessárias mais ou menos sessões mas os resultados são habitualmente sempre apreciáveis.

 

Temas: ,
link do postPor dermatologiaedermocosmetologia, às 07:30  comentar

21.5.09

No seguimento da 2ª etapa a pé até Fátima reparei que fiquei com umas manchas muito vermelhas e de certa forma inchadas nas pernas, junto ao tornozelo inclusivé fez umas bolhinhas de água e nessa zona ficou com uma cor mais escura. O que devo utilizar para remover as manchas?

 

As manchas que refere podem ser lesões residuais pigmentadas de um processo inflamatório local (tipo picada de insecto, etc.) ou serem lesões também pigmentadas por depósito nos tecidos de hemosiderina (pigmento de degradação da hemoglobina após estase sanguínea prolongada) cuja resolução é mais complexa. De qualquer forma necessitará sempre de uma avaliação pessoal antes de lhe ser sugerida qualquer terapêutica.

link do postPor dermatologiaedermocosmetologia, às 08:39  comentar

20.5.09
Desde sempre que tenho uma vermelhidão à volta do nariz (como se andasse sempre constipada), e que ultimamente alastrou às maçãs do rosto. Nos ultimos tempos também, e sem que haja alguma causa aparente, a minha pele tornou-se muito oleosa.

 

 

Antes de tudo, gostaria de esclarecer que os profissionais de saúde habilitados para fazer uma avaliação correcta de uma patologia cutânea e saber qual a terapêutica mais indicada para determinada fase de uma dermatose são os dermatologistas e todos os comentários avulso que possam surgir por parte de outras pessoas, devem ser tomados com todas as reservas.

 

link do postPor dermatologiaedermocosmetologia, às 18:22  comentar

18.5.09

Tenho 20 anos e tenho algumas manchas de acne no rosto. Já fui ao dermatologista e ele me receitou Skinorenº creme (ácido azelaico). Estou a fazer o tratamento há um mês e uns dias mas as manchas continuam apesar de uma leve melhora. Sera que ainda nao teve tempo para fazer efeito? que outros tratamentos me aconselha?

 

Não sei que tipo de lesões de acne tem (retencionais, inflamatórias, cicatriciais) mas o ácido azelaico em monoterapia tem efeitos limitados no tratamento das lesões acneicas e sobretudo se forem de tipo retencional. Assim, parece-me que, a manterem-se as lesões, terá que recontactar o dermatologista que a observou para que lhe faça um ajuste na terapêutica.

link do postPor dermatologiaedermocosmetologia, às 08:45  ver comentários (1) comentar

 



Neste espaço vocacionado para a Dermatologia e a Dermocosmetologia tentarão ser dadas respostas tão esclarecedoras quanto possível a dúvidas sobre doenças de pele ou alternativas terapêuticas nesta área, sempre e quando forem objectivas e se enquadrem neste âmbito, não funcionando como ferramenta de diagnóstico ou sugestão terapêutica específica em cada caso individual que, na esmagadora maioria das situações, carecem de uma avaliação pessoal.

Envie a sua questão
Este consultório online é um espaço onde pode colocar as suas dúvidas no âmbito da Dematologia e Dermocosmetologia. Este Consultório tem um carácter informativo e o acompanhamento médico especializado por parte dos leitores não deve ser descuidado.

E-mail: dermatologia@sapo.pt
Dr. Miguel Trincheiras


Licenciado em Medicina pela Universidade de Liège- Bélgica.
Especialista em Dermatologia e Venereologia pelos Hospitais Civis de Lisboa (H. Desterro) com o título de Assistente Graduado, tendo sido director do Serviço de Dermatologia do Hospital Reynaldo dos Santos até 2006.
Membro de várias sociedades nacionais e internacionais de Dermatologia e Dermocosmetologia.
Dedica actualmente a sua actividade clínica, no regime de medicina privada, em grande parte à Dermatologia Cirúrgica, Lasers e Dermocosmetologia entre Lisboa e em Espanha.



Contacto:
GO-Clinic
Ed. Atrium Saldanha
Pç. Duque de Saldanha, 1-8ºD
1050-094 Lisboa
Tel.: 218435920
E-mail: dermatologia@sapo.pt

Maio 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
14
15

19
23

24
25
26
27
28
29
30

31


subscrever feeds
blogs SAPO