16.4.09

A minha mãe que tem 85 anos, apareceu com "zona" está a tomar o zovirax em comprimidos,  aplico também o zovirax em creme e o óleo de germen de trigo, mas verifico que não está a ser fácil resolver a situação.

 

Já esteve no hospital S.Francisco Xavier por causa dos brônquios estarem  muito entupidos e o médico receitou-lhe antibiotico e fez aspiração ficou bem, mas quanto à zona não disse nada, estou também a dar-lhe vitaminas
incluíndo complexo B.
A saúde da minha mãe é fragil já teve 2 AVCs e tem tendência para tensão
arterial alta, está medicada para tudo isso.
No entanto começo e desesperar, pois a situação já tem 1 mês e como usa fralda de incontinência, talvez seja mais difícil de controlar o problema.
Pedia ajuda, pois pode ser que ainda falte mais alguma coisa que possa fazer, para aliviar o sofrimento.

 

O estado geral do doente influi quer no desencadear quer no tempo de resolução das lesões do herpes zoster (zona).

Actualmente há medicação com perfil de absorção mais estável que o aciclovir (Zoviraxº) e que poderia ser uma boa alternativa no caso específico da sua mãe, ou mesmo a administração por via endovenosa, a nível hospitalar, se se justificar.

 

Uma das principais complicações da zona são as dores residuais que dela podem resultar (nevralgia pós-herpética) e o tratamento eficaz e precoce parece fundamental para evitar tal quadro. Se porventura ocorrer, então haverá que recorrer a medicação de acção no sistema nervoso (central ou periférico) e analgésicos para minimizar a sintomatologia. Parece também que as vitaminas do complexo B, e sobretudo a vit. B6, tem um efeito "neuro-protector" que poderia diminuir a ocorrência desta nevralgia.

Localmente deve ser usado um tópico adstringente (óxido de zinco,...) para facilitar a cicatrização destas zonas oclusivas de maceração como é a área da fralda.

link do postPor dermatologiaedermocosmetologia, às 16:39  comentar

 



Neste espaço vocacionado para a Dermatologia e a Dermocosmetologia tentarão ser dadas respostas tão esclarecedoras quanto possível a dúvidas sobre doenças de pele ou alternativas terapêuticas nesta área, sempre e quando forem objectivas e se enquadrem neste âmbito, não funcionando como ferramenta de diagnóstico ou sugestão terapêutica específica em cada caso individual que, na esmagadora maioria das situações, carecem de uma avaliação pessoal.

Envie a sua questão
Este consultório online é um espaço onde pode colocar as suas dúvidas no âmbito da Dematologia e Dermocosmetologia. Este Consultório tem um carácter informativo e o acompanhamento médico especializado por parte dos leitores não deve ser descuidado.

E-mail: dermatologia@sapo.pt
Dr. Miguel Trincheiras


Licenciado em Medicina pela Universidade de Liège- Bélgica.
Especialista em Dermatologia e Venereologia pelos Hospitais Civis de Lisboa (H. Desterro) com o título de Assistente Graduado, tendo sido director do Serviço de Dermatologia do Hospital Reynaldo dos Santos até 2006.
Membro de várias sociedades nacionais e internacionais de Dermatologia e Dermocosmetologia.
Dedica actualmente a sua actividade clínica, no regime de medicina privada, em grande parte à Dermatologia Cirúrgica, Lasers e Dermocosmetologia entre Lisboa e em Espanha.



Contacto:
GO-Clinic
Ed. Atrium Saldanha
Pç. Duque de Saldanha, 1-8ºD
1050-094 Lisboa
Tel.: 218435920
E-mail: dermatologia@sapo.pt

Abril 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4

5
6
7
8
9
11

13
18

19
20
22
24
25

26
27
29


blogs SAPO