12.4.09

Recentemente fui a uma clínica de depilação e informaram-me sobre a IPL.

No entanto uma colega minha experimentou e ficou com uma zonas acastanhadas que parece que vai formar uma crosta e cair. É normal na fotodepilação por IPL esse efeito secundário? Sera que pode manchar a pele?

 

 

A fotodepilação, seja por luz intensa pulsada (IPL) ou por laser (díodo, alexandrite, Nd Yag), exige um perfeito conhecimento da fisiologia da pele e do folículo piloso porque da interacção desta energia luminosa com a melanina (pigmento cutâneo) é que vai surgir o dano térmico à região germinativa do pêlo e, assim, eliminar o seu crescimento definitivo.

 

Acontece que, quando a fonte de luz é disparada numa determinada zona, não só o pêlo é atingido mas também uma área de pele. Dado que o pêlo tem uma quantidade muito superior de melanina do que a pele circundante, mantendo-nos dentro de uma determinada fluência e de duração de pulso, conseguimos que este absorva mais energia e, então, podemos atingir o pêlo sem danificar a pele.

Este é designado de princípio da "fototermólise selectiva" que é válida para a depilação como no uso de tantos outros lasers para tratamento de outras estruturas.

No caso específico da depilação temos que acautelar que a pele não seja muito morena ou não esteja bronzeada recentemente para evitar uma maior absorção de energia luminosa e poder induzir uma eventual queimadura de 1º grau, que resolve mas pode dar origem a uma maior pigmentação local que tende a desaparecer ao longo de algumas semanas a meses (será porventura o que aconteceu no caso que me descreve).

Por isso mesmo é necessário conhecimento sobre a fisiologia cutânea e experiência no manuseamento da fonte de luz de forma a poder variar uma série de parâmetros em função do tom de pele, côr do pêlo, espessura do folículo, área anatómica a tratar, etc.

link do postPor dermatologiaedermocosmetologia, às 08:08  comentar

De M.F a 25 de Junho de 2010 às 02:05
Fiz 10 sessoes de IPL , e nao tive nenhum problema desse genero.Avisei quando assim iniciei que tinha pele sensivel,na qual iniciaram com potencia baixa.Tambem convem que estejam constantemente arrefecer a pele da zona depilar,com pano gelados e passagem constante de um rolo tb frio na zona disparo ,pelo menos assim me fizeram.Nos dois dias seguintes evitar sol (depende zona) e banhos com agua muito quente,Apos sessoes caso sentisse sensaçao de calor,disseram meter agua ou panos com agua fria.

De andre a 30 de Maio de 2011 às 22:33
Boas Sr Doutor,me chamo andré ,gostava de saber se à algum problema de fazer a fotodepilação (abdomen)e fotorejuvenescimento ipl (face),porque neste momento estou a tratar umas manchas de um eritema nodoso,e uma amigdalite bacteriana com PENICILINA LENTOCILIN BENZATINICA S 2.400.00 U.I/6.5ML , 2 por mês,uma ou dia 1 e dia 2 de cada mês,agradeço se me poder ajudar,continuação de um excelente trabalho.cumprimentos

De Sara a 29 de Junho de 2011 às 10:08
Fiz fotodepilação na cellulem block da João e após a 4ª sessão fiquei com manchas rectangulares castanhas nas pernas apesar de ter feito o recomendado, como sempre, por isso creio que tenha sido da nova técnica... Tenho colocado aloe vera mas nada se alterou e já passou um mês. Uma amiga disse-me que uma colega também fez fotodepilação e ficou com manchas mas estas não desapareceram. Há esse risco, de serem permanentes?

De Carolina da Silva Caiado a 2 de Novembro de 2012 às 13:38
Fiz fotodepilação estava bronzeada mas não me informaram que poderia acontecer isso caso estivesse bronzeada, apanhei uma queimadura que depois formou-se em crosta e depois ficou dispigmentado e até hoje (passado um mês) ainda estou com a pele despigmentada nessa zona, (dois riscos que vão do umbigo até a virilha) na linha de biquini, queria saber se vai ficar para sempre ou se vai desaparecer.. estou desesperada

De Juliana a 4 de Dezembro de 2012 às 15:28
Carolina, a mim aconteceu-me o mesmo,mas nas pernas. Tens novidades?as minhas manchas continuam por toda a perna, sabes se desaparecem?!também tou desesperada..obrigada.

De Bianca a 12 de Fevereiro de 2013 às 00:06
Estas manchas Sao chamadas de hipertrofias quando escuras e de hipódromos quando mais claras e tendem a desaparecer em até 6 meses. Podem usar um creme chamado elidem que ajuda.

De Ana Maria severino dos santos a 17 de Novembro de 2012 às 13:36
Dr. Fiz Minha primeira sessão de fotodepilação, e minhas pernas ficaram manchadas, ficaram com manchas escuras nos locais onde foram aplicadas as luzes, gostaria de saber se estas anchas saem, se tem algum tratamento ou produto que posso usar! Obrigada

Ana Maria

De MICHELY RAMINA CORONEL DE LIMA a 20 de Novembro de 2012 às 22:17
cadê a merda da resposta??????????????????????????????

 



Neste espaço vocacionado para a Dermatologia e a Dermocosmetologia tentarão ser dadas respostas tão esclarecedoras quanto possível a dúvidas sobre doenças de pele ou alternativas terapêuticas nesta área, sempre e quando forem objectivas e se enquadrem neste âmbito, não funcionando como ferramenta de diagnóstico ou sugestão terapêutica específica em cada caso individual que, na esmagadora maioria das situações, carecem de uma avaliação pessoal.

Envie a sua questão
Este consultório online é um espaço onde pode colocar as suas dúvidas no âmbito da Dematologia e Dermocosmetologia. Este Consultório tem um carácter informativo e o acompanhamento médico especializado por parte dos leitores não deve ser descuidado.

E-mail: dermatologia@sapo.pt
Dr. Miguel Trincheiras


Licenciado em Medicina pela Universidade de Liège- Bélgica.
Especialista em Dermatologia e Venereologia pelos Hospitais Civis de Lisboa (H. Desterro) com o título de Assistente Graduado, tendo sido director do Serviço de Dermatologia do Hospital Reynaldo dos Santos até 2006.
Membro de várias sociedades nacionais e internacionais de Dermatologia e Dermocosmetologia.
Dedica actualmente a sua actividade clínica, no regime de medicina privada, em grande parte à Dermatologia Cirúrgica, Lasers e Dermocosmetologia entre Lisboa e em Espanha.



Contacto:
GO-Clinic
Ed. Atrium Saldanha
Pç. Duque de Saldanha, 1-8ºD
1050-094 Lisboa
Tel.: 218435920
E-mail: dermatologia@sapo.pt

Abril 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4

5
6
7
8
9
11

13
18

19
20
22
24
25

26
27
29


blogs SAPO