30.6.09

 

Tenho 21 anos e sempre tive muito cabelo, em Setembro passado começou-me a cair o cabelo de uma forma mais intensa do que o normal, cheguei a tomar uns comprimidos vendidos na farmácia, já um bocado tarde porque a queda realmente já tinha diminuindo, mas não notei grande diferença de crescimento de novos cabelos. 

 
Realmente fiquei com muito menos cabelo do que o que tinha, mas com muito  quando comparado ao normal de cada mulher. No mês passado, reparei que começou outra vez, não de uma forma tão intensa como da primeira vez. Gostaria de saber se me pode dar algum conselho para travar esta queda.  
 

 

 

A queda do cabelo é um fenómeno fisiológico e universal que pode, nalgumas circunstâncias, tornar-se mais intensa por várias causas, sendo que as mais frequentes são a época do ano (sobretudo outono), o stress emocional, alguns medicamentos, factores hormonais (nomeadamente o pós-parto), infecções associadas, dietas estrictas, entre outras. Na maioria das vezes trata-se do que é designado por deflúvio telogénico e o reponte capilar, uma vez estabilizada a causa da queda, está normalizado em poucos meses.

 

Existem, no entanto, variadas outras patologias que levam a quadros de rarefação capilar (alopécia androgenética feminina, tricotilomania, patologia inflamatória e/ou cicatricial do couro cabeludo, etc.) que requerem uma avaliação global e até analítica a ser realizada em consulta de dermatologia.

É de ter em conta também as alterações progressivas que vai sofrendo o nosso organismo com a idade e é sabido que a densidade capilar tende a diminuir com o avançar dos anos como tantas outras alterações somáticas que nos acompanham neste precurso (aparecimento de manchas, rugas, pequenas lesões vasculares ou "sinais", ...).

link do postPor dermatologiaedermocosmetologia, às 10:22  comentar

 



Neste espaço vocacionado para a Dermatologia e a Dermocosmetologia tentarão ser dadas respostas tão esclarecedoras quanto possível a dúvidas sobre doenças de pele ou alternativas terapêuticas nesta área, sempre e quando forem objectivas e se enquadrem neste âmbito, não funcionando como ferramenta de diagnóstico ou sugestão terapêutica específica em cada caso individual que, na esmagadora maioria das situações, carecem de uma avaliação pessoal.

Envie a sua questão
Este consultório online é um espaço onde pode colocar as suas dúvidas no âmbito da Dematologia e Dermocosmetologia. Este Consultório tem um carácter informativo e o acompanhamento médico especializado por parte dos leitores não deve ser descuidado.

E-mail: dermatologia@sapo.pt
Dr. Miguel Trincheiras


Licenciado em Medicina pela Universidade de Liège- Bélgica.
Especialista em Dermatologia e Venereologia pelos Hospitais Civis de Lisboa (H. Desterro) com o título de Assistente Graduado, tendo sido director do Serviço de Dermatologia do Hospital Reynaldo dos Santos até 2006.
Membro de várias sociedades nacionais e internacionais de Dermatologia e Dermocosmetologia.
Dedica actualmente a sua actividade clínica, no regime de medicina privada, em grande parte à Dermatologia Cirúrgica, Lasers e Dermocosmetologia entre Lisboa e em Espanha.



Contacto:
GO-Clinic
Ed. Atrium Saldanha
Pç. Duque de Saldanha, 1-8ºD
1050-094 Lisboa
Tel.: 218435920
E-mail: dermatologia@sapo.pt

Junho 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
19

21
22
24
25
26
27

29


blogs SAPO