20.6.09

Boa tarde, tenho 41 anos e sempre fui frequentadora de praia, não sou muito morena, ao principio fica um pouco vermelha sem ser escaldada e depois acabava por ficar morena. Desde o ano passado quando fui a praia pela primeira vez e sem ficar escaldada que usei protector 30, quando acordei no dia seguinte estava literalmente toda inchada e cheia de borbulhas por todo o corpo. 

Fui as urgências e deram-me uma injecção do corticoides entretanto passou, fiz algumas análises, mudei de protectores, mas claro que nunca mais fui a praia.

Entretanto pensei que tivesse sido alguma reacção alérgica a qualquer comprimido ou mesmo creme.

Entretanto este ano fui pela 1ºvez a praia teve os mesmos cuidados e aconteceu-me a mesma coisa.

Poderei ter ficado alérgica ao sol. Será alergia a areia ou a água do mar.

Comecei a tomar uns comprimidos de farmácia para ajudar a apanhar o sol. Mas . Não sei que fazer, serei mesmo alérgica ao sol o que posso fazer para tratar este problema e descobrir a causa.

 

Como já escrevi anteriormente num post sobre a lucite estival benigna (ou eritema polimorfo à luz) que me parece o que está em causa, trata-se de um exantema após as primeiras exposições solares que tem tendência a regredir com as exposições subsequentes e cuja abordagem terapêutica terá de ser progressiva e vai no sentido da protecção solar com filtros especiais que cubram os ultra-violetas A (UVA), passando pelos carotenóides e licopeno para aumentar a tolerância à radiação e podendo mesmo levar à toma de antipalúdicos de síntese (aumentam muito a tolerância à radiação) ou ao progressivo "endurecimento cutâneo" prévio à exposição solar com fototerapia.

link do postPor dermatologiaedermocosmetologia, às 09:19  comentar

De Branca Costa a 4 de Julho de 2009 às 13:04
Boa tarde, acabei agora mesmo de ler alguns post's relativos a alergia solar, o que me interessou bastante, já que tenho sofrido com isso. Recentemente, após uma exposição curta, mas suficiente para me causar erupções nos braços, tronco e pernas com bastante prurido e ardor, vi-me forçada a deslocar-me ao hospital, tendo-me sido administrada uma injecção de cortisona e duas de anti-histamínicos. Como tenho histório de alergia solar, bem como outro tipo de alergias (ácaros, pêlo gato e mistura de pólens) consultei uma dermatologista. Aconselhou-me a tomar heliocare ultra cápsulas, e a aplicar um protector da uriage 50+ antiradicalar. Gostava de uma opinião sua relativamente ao heliocare, que contém licopeno, e se é, para si, mais vantajoso relativamente a outros suplementos contendo beta-caroteno, já que a dermatologista me suspendeu o bioactivo beta-caroteno que tinha andado a tomar. Obrigada, e parabéns pelo blog.

De dermatologiaedermocosmetologia a 7 de Julho de 2009 às 11:14
De facto penso que o Heliocare ultra é dos melhores complementos em termos de fotoprotecção, sobretudo pela presença do FernBlock, pelo que recomendo igualmente a sua utilização.

Cumprimentos.

Miguel Trincheiras

De Sousa a 12 de Dezembro de 2009 às 16:49
Olá boa tarde!

Tenho aquelas manchas na cara denominadas (sardas),no verão derivado a haver mais sol, ficam mais escuras e visíveis, e também um pouco de couperose na face, ando numa dermatologista que me receitou HELIOCARE ULTRA cápsulas, disse-me que era para proteger a pele e não pigmentar tanto, também me disse que as sardas têm tipo uma memória, ou seja mesmo que se eliminem elas voltam assim que apanharem sol, será verdade?Também me aconselhou um protector 50+,em relação ao HELIOCARE ainda não vi resultados porque comecei a tomar há pouco tempo, o protector, já experimentei vários e não fiquei satisfeito com nenhum porque são todos brancos e como sou homem fico com a cara branca derivado aos pêlos e alguns muito brilhantes o que causa incomodo devido a estes dois factores.
Também tomo regularmente EVER FIT DERMO um antioxidante para a pele, cabelo e unhas, potenciará o pigmento da pele?
Também quero perguntar se conhece algum protector da cor da pele e sem brilho e como eliminar as sardas ou reduzi-las de forma definitiva, e ainda um bom creme para a couperose.

Obrigado pela atenção
Cumprimentos

De dermatologiaedermocosmetologia a 18 de Dezembro de 2009 às 09:11
Bom dia,
Há formas de reduzir as sardas e tratar todo o tipo de patologia dermatológica, mas é sempre necessária uma avaliação pessoal prévia em consulta de Dermatologia.
Melhores cumprimentos.

Miguel Trincheiras

De sandra a 21 de Abril de 2011 às 14:01
atenção tenho eritema solar polimorfo à já 6 anos e cuidado que não tende a melhorar com as exposições seguintes ao fim de alguns anos o simples sair á rua torna-se problemático isto nas horas de maior exposição solar digo isto porque sofro muito com esta enfermidade e se poder evitar que outros sofram melhor quando era nova apanhava muito sol sou morena agora tenho de tomar heliocare 4 horas antes de sair à rua e sempre de verão e inverno protector solar fator 50 e bastante hidratante tipo barrar o corpo.bjs.

De Fernanda Santos a 30 de Outubro de 2011 às 01:07
Olá, tenho 26 anos e nunca fui muito de ir a praia e nem exposição ao sol mas, há alguns anos ao andar normalmente na rua, no sol tive uma reação: a pele esquentou no sol, começei a me coçar nas partes expostas, inclusive no rosto e logo em seguida fiquei toda empolada ( cheias de placas na pele). Em seguida, a pele esfria e tudo passa. Recentecemente já por 2x, fui a praia e aconteceu a mesma coisa porém, agora fico desfalecida, minha pressaõ cai e em seguida vem os vômitos e a dor de cabeça que dura horas. Gostaria de entender melhor estas reações. Obrigada e Parabéns pelo Blog!

De dermatologiaedermocosmetologia a 3 de Novembro de 2011 às 08:38
De facto tudo o que descreve parece corresponder a uma urticária actínica, mas para chegar ao diagnóstico seria necessário fazer testes de fotobiologia com ultra-violetas que é a radiação que mais vezes está envolvida nestes fenómenos.

Cumprimentos.

Miguel Trincheiras

De Maria Leontina Sousa Gouveia a 15 de Julho de 2012 às 18:24
Olá,tenho 47 anos sexo feminino. Desde criança que sempre frequentei todos os anos um mês de praia, no qual nunca ter problemas de pele ou alergias. Desde a um ano para cá comecei a ter problemas, exemplo no Inverno sempre gostei de toma banho de banheira cheia a relaxar sem ter qualquer tipo de problemas. passado alguns tempos comecei a ter reacção de ficar com o corpo todo vermelho e com uma comichão horrivel
no qual não liguei a esse pormenor,e continuando a tomar banho da mesma maneira e cada vez a pior. Fui ao médico e receitou-me uns comprimidos kestine 10 mg para tomar 1hora antes do banho acontece que não deu em nada! no andar do tempo comecei a ter mesma reacção com o sol mesmo a conduzir do lado que me dava o sol fico toda vermelha em seguida com comichão e coçava coçava fico com o corpo todo com borbulhas ... continuando comecei ter reacção a tudo que é quente exemplo lavar loiça com agua quente vapores ,aquecedor, etc etc. NOVAMENTE fui ao médico envio-me para consultas no Hospital de medica de dermatologia no qual me medicou com uns comprimidos Loratadina 10 mg durante um ano .Acontece que estou cada vez pior se andar a passear estando sol tenho fugir fico com o corpo novamente vermelho ,comichão por aí fora estou desesperada se tiver sol não posso sair de casa em casa não posso fazer nada que seja quente ou calor do forno ,e com os vapores das panelas por aí fora... já não sei o que fazer há minha vida estou cada vez mais desesperada e sem saber o que fazer!!! venho por este meio pedir ao Sr,doutor uma solução para o meu problema? O mais urgente possivel.
Agradeço Atenciosamente
Leontina

De kelly a 4 de Novembro de 2011 às 16:56
Estou com um problema parecido, porem o meu não é so quando vou a praia, tenho 30 anos e a ha 2 anos começou minha alergua, achei que seria de algum mato, pois gosto de trilhas, depois achei q era algum bicho, ou ate mesmo meu cachorro, mas fiz uma terrivel experiencia e fiquei no sol, começei a inchar, a minha pele ficou como cobra, vermelha, e começei a me coçar ate ferir. Não sei o que fazer, pois nem protetor solar funciona, ando sempre na sobra, no sinal de transito, procuro sempre uma arvore para me esconder, pois 1 segundo se quer, acaba meu sossego, começa a coçeira, fico com um pimentão.fui a praia a pouco tempo, o fica pior ainda, nem estando no sol, so aquele mormaço mesmo, tomo anti alergicos antes de sair de casa, um dermatologista me receitou Desalex, muito bom, mas caro demais, R$40,00 c/ 10 comprimidos que duram 3 dias, os genericos nunca funcionam.
Pode ajuda?

De Thais a 9 de Janeiro de 2012 às 16:59
Olá tenho 21 anos e a algum tempo estou tendo uma reação quando esta calor, na minha mão aparece bolhas pequenas com pus e coçam, elas estouram ou murcham quando o tempo muda. Fui no farmaceutico e ele me passou uma pomada e me informou que estava com alergia ao sol e com imunidade baixa. Esta correto, no caso de alergia ao sol tem alguma solução?

De dermatologiaedermocosmetologia a 10 de Janeiro de 2012 às 10:06
Bom dia Thais,
É bem provável que não se trate de qualquer alergia ao sol (nas mãos, com bolhas???), mas antes de um ponfólix.
Sugiro-lhe vivamente que consulte um dermatologista para tentar esclarecer a questão porque na farmácia não se dão consultas...
Melhores cumprimentos.

Miguel Trincheiras

De rubia cardoso a 30 de Novembro de 2012 às 02:47
Boa noite, também sofro muito quando fico exposta ao sol, fico com muitas bolinhas que saem pus, fico 7 dias sofrendo com coçeiras e dor,
uso sabonete glicerinado, não sei mais o que fazer preciso de uma ajuda, pois toda vez que tenho essa alergia, quando ela vai embora, fica a marca das bolinhas, talvez por eu usar pasta d´água? n

De João Ferreira a 5 de Junho de 2013 às 15:44
Olá, ando extremamente preocupado, visto que tinha um nível elevado de acne, tive de tomar isotretinoína orotrex, estes comprimidos tornam a pele mais frágil ao radiação solar, e tendo eu tomado durante 3 meses, a minha pele basta ficar cerca de 2 segundo ao sol que incha ligeiramente e fica vermelha, vários médicos e mesmo na embalagem dos comprimidos diz que apos 1 mês todos os efeitos secundários saem, passaram se 1 mês e 3 semanas e apenas piorou, será que fiquei alérgico ao sol? (estes efeitos só aparecem nas zonas com menos contacto solar, mãos canelas, cara e pescoço não são afetados).

 



Neste espaço vocacionado para a Dermatologia e a Dermocosmetologia tentarão ser dadas respostas tão esclarecedoras quanto possível a dúvidas sobre doenças de pele ou alternativas terapêuticas nesta área, sempre e quando forem objectivas e se enquadrem neste âmbito, não funcionando como ferramenta de diagnóstico ou sugestão terapêutica específica em cada caso individual que, na esmagadora maioria das situações, carecem de uma avaliação pessoal.

Envie a sua questão
Este consultório online é um espaço onde pode colocar as suas dúvidas no âmbito da Dematologia e Dermocosmetologia. Este Consultório tem um carácter informativo e o acompanhamento médico especializado por parte dos leitores não deve ser descuidado.

E-mail: dermatologia@sapo.pt
Dr. Miguel Trincheiras


Licenciado em Medicina pela Universidade de Liège- Bélgica.
Especialista em Dermatologia e Venereologia pelos Hospitais Civis de Lisboa (H. Desterro) com o título de Assistente Graduado, tendo sido director do Serviço de Dermatologia do Hospital Reynaldo dos Santos até 2006.
Membro de várias sociedades nacionais e internacionais de Dermatologia e Dermocosmetologia.
Dedica actualmente a sua actividade clínica, no regime de medicina privada, em grande parte à Dermatologia Cirúrgica, Lasers e Dermocosmetologia entre Lisboa e em Espanha.



Contacto:
GO-Clinic
Ed. Atrium Saldanha
Pç. Duque de Saldanha, 1-8ºD
1050-094 Lisboa
Tel.: 218435920
E-mail: dermatologia@sapo.pt

Junho 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
19

21
22
24
25
26
27

29


blogs SAPO